Vale a pena investir em Bitcoin?

8
4651

Pra começar, olhe o gráfico do valor do Bitcoin x Dólar americano de 2016 até hoje (11/05/2017).

Fonte: Coindesk
Fonte: Coindesk

Impressionante né? Estamos falando de uma valorização de uns 350% (isso até hoje) em 1 ano e meio, sendo que nos últimos dias este movimento acelerou bastante!

Bitcoin é a moda do momento. Todo mundo já ouviu falar ou tem curiosidade para saber o que é, e principalmente: como fazer para ganhar dinheiro com isso.

Ouço perguntas sobre bitcoin toda hora, mas a pergunta mais comum é: vale a pena investir em Bitcoin?

Pra mim esta pergunta não faz sentido no início, pelo menos antes de entender direito o que é Bitcoin. E tenho a certeza de que quem me perguntou isso, não sabe o que é.

Investir em algo que nem se sabe o que é (e só porque ouviu a dica que é “uma boa”) é um dos piores erros possíveis. Mas isso não significa que não valha a pena investir em Bitcoin.

Vamos entender melhor.

Definição de Bitcoin super resumida

Bitcoin é uma moeda digital (ou virtual). Talvez seja melhor chamar Bitcoin de dinheiro digital, já que não há um pedaço de metal ou papel que represente fisicamente seu valor.

E é isso, nada mais! Bitcoin não é um investimento milagroso que vai te fazer ficar rico, ou algum ativo ou empresa inovadora que gera valor e por isso se valoriza. Não! Bitcoin é só um dinheiro digital, que pode ser comprado e vendido.

Se pegarmos na definição de moeda e dinheiro, veremos também que o Bitcoin atende a todos eles, tais como: poder ser trocado por bens e serviços, usado em pagamentos, ser amplamente aceito, ser reconhecível, ser dificilmente falsificável e etc..

O que faz o Real, ou o Dólar ser aceito como meio de troca? A confiança que os compradores e vendedores tem nos Bancos Centrais e na economia desses países. E no caso do bitcoin? Ah, aí é que começam as diferenças.

Qual a diferença de bitcoin para outras moedas?

A principal diferença é que nenhum governo a controla. Isso significa que a variação do valor do Bitcoin não tem nada a ver com a economia de um determinado país, ou com o aumento de oferta de dinheiro (impressão), ou com taxas de juros, e etc. Quer dizer, talvez até tenha, mas de forma indireta.

Como é tudo uma novidade (ainda), isto também significa que transações em bitcoin ainda não são 100% regulamentadas/regularizadas.

E isso é bom e ruim.

É ruim porque podemos (ainda) considerar que pagamentos e recebimentos utilizando bitcoin pertencem a famosa “zona cinza” (não é proibido, mas também por não ser regulamentado talvez não seja 100% permitido).

Mas também é bom: nestas transações não incidem diversas taxas e impostos que intermediários e/ou o governo cobram hoje em transações entre moedas normais. E também a oferta não sofre as famosas “canetadas” que os governos adoram fazer.

Então quem controla o bitcoin?

Todo mundo e ninguém. E isso é ótimo e seguro. E repito: Bitcoin é seguro (do ponto de vista de fraudes e roubos).

Mas como isso é possível?

Através de um conceito muito interessante chamado Blockchain, que é a grande inovação por trás do Bitcoin. Não vou explicar aqui sobre ele, mas se você tiver curiosidade, recomendo fortemente assistir ao vídeo do TED abaixo:

https://www.ted.com/talks/don_tapscott_how_the_blockchain_is_changing_money_and_business

Então faz sentido investir em Bitcoin?

Investir, por definição, é aplicar recursos com a intenção de obter retorno.

Diante apenas desta definição, faz sentido sim investir em Bitcoin. Quem investe quer que o Bitcoin se valorize, para resgatar com lucro.

O que é errado é o entendimento e a intenção deste investidor

Normalmente o investidor entra “na onda” porque viu os movimentos passados (supervalorização do bitcoin) e simplesmente conclui que isso continuará indefinidamente. Ou que, se identificar sinais de término deste movimento, basta resgatar com lucro e pronto.

Tem também os que consideram Bitcoin como uma moeda comum, como o Dólar.

Para quem entende mais sobre blockchain e afins, temos até o espírito otimista e torcedor. A ideia é muito boa e inovadora: logo o Bitcoin irá se valorizar, certo?

Mais ou menos.

Primeiro que acreditar que você conseguirá comprar algo antes de todo mundo e vender também antes de dar algum problema, é uma ilusão. E isso vale para qualquer investimento.

Segundo que quem compra Dólar, simplesmente o compra com a expectativa de que o Real irá se desvalorizar em relação a ele, ou que ele irá se valorizar em relação ao Real. E normalmente se faz isso com algum fundamento, como economia, taxas de juros, inflação e etc. E já vimos que este tipo de fundamento não é válido para Bitcoin.

E por último que o fantástico conceito de blockchain (que é a grande “sacada” de tudo) é utilizado pelo Bitcoin, e não algo interdependente. Isto é, nada impede que outra moeda digital apareça, utilizando o mesmo conceito, e o Bitcoin deixe de ser demandado. E olha que já existem outras alternativas hoje, tais como: Ethereum, Monero, Zcash, entre outros.

E isso são só alguns exemplos, mas o ponto é: investir em Bitcoin é diferente de investir em uma ação, ou em um título de renda fixa, e até de comprar uma outra moeda como o dólar. E o investidor normalmente não entende isso, pois é seduzido por promessas de lucro fácil e rápido.

Mas claro, se você está ciente disso tudo que eu falei, então pode fazer sentido investir em Bitcoins.

Agora se o preço dele irá subir ou cair nos próximos anos, aí eu não tenho a mínima ideia.

Vamos ver de novo o gráfico do Bitcoin x Dólar americano, mas agora desde 2012:

Fonte: Coindesk
Fonte: Coindesk

Opa, agora parece que tem um pouco de risco, não é?

Ouvi falar que o preço do bitcoin sempre irá subir

A quantidade de bitcoins expande, mas a taxas já conhecidas e fixas, e ela tem também um limite máximo de quantidade. Por isso podemos definir a oferta de Bitcoins como sendo restrita, ou finita. Até bem parecido com o ouro, por exemplo.

Pensando assim, poderíamos chegar a conclusão: como a oferta é restrita, e a demanda não, então o preço irá necessariamente subir de acordo com o aumento da demanda. Tem até um termo que gostam de usar: O bitcoin é uma moeda “deflacionária”.

Perfeito este raciocínio, mas quem garante que esta demanda será sempre crescente?

Lembre-se também que a quantidade de moeda de um país também é relativamente fixa, até que o governo resolva imprimir mais.

Conclusão

A conclusão é a mais “economista” possível: não dá para saber. Então vou dar aqui minha opinião pessoal: apesar de fazer sentido, eu acho que não vale a pena investir em Bitcoin.

Eu pessoalmente acredito muito no futuro do Bitcoin, e acho que ele irá se expandir cada vez mais. Acredito que ele será cada vez mais aceito, e até será uma alternativa viável e vantajosa para usos simples como viagens e compras no exterior, por exemplo. Mas isso não significa que eu ache que seu preço irá se valorizar indefinidamente e de forma acelerada como foi nos últimos meses, pelo contrário, eu acho que o preço futuro do Bitcoin é uma grande incógnita. Pode sim continuar se valorizando bastante, mas também pode voltar a patamares próximos de 1000 USD por bitcoin, ou pode cair mais: pode acontecer qualquer coisa!

Apostar numa valorização grande e garantida do Bitcoin é não só apostar na maior utilização dele. É apostar que os governos e os bancos grandes ficarão sentados olhando sem fazer nada, por exemplo, o que eu acho bem difícil.

Teve até um episódio recente que a SEC (CVM americana) vetou uma tentativa de criação de um ETF de Bitcoin. Essa foi uma demonstração do poder que um Banco Central ou até as grandes instituições financeiras tem para impedir/retardar uma inovação. Se tiver curiosidade, veja neste link.

De qualquer forma eu também nunca apostaria contra o Bitcoin, pois fazer isso é apostar contra a inovação e principalmente contra a evolução. Até porque, eu pessoalmente torço muito pelo sucesso do Bitcoin.

Ah, não podemos esquecer de um aspecto tupiniquim que dificulta ainda mais o “valer a pena” de investir em Bitcoin.  Nosso custo de oportunidade é muito grande. E por isso que eu acho que a relação risco x retorno ainda é muito baixa, isto é, como o risco é muito alto, o retorno esperado acima do CDI ainda não compensa. Mas esta é só minha opinião, e quem sabe essa baixa de juros atual não mude tudo.

Como comprar bitcoin

Se você ficou curioso, segue abaixo alguns lugares para comprar Bitcoin no Brasil.

Eu pessoalmente nunca comprei nem conheço nenhum deles:

https://www.mercadobitcoin.com.br

https://foxbit.com.br/

https://bitcambio.com.br/

Se você quiser receber nossos próximos artigos assim que eles forem escritos, cadastre seu e-mail abaixo. Fique tranquilo, nós não enviamos spam.

Vitor Nagata é editor do Blog do Investidor e profissional da área de investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

8 COMENTÁRIOS

  1. Foi o artigo que melhor esclareceu a esse respeito. Analisou vários pontos.
    Essa moeda pode até ter grande potencial. Mas eu também nao me arrisco nessa. Porém estar informado é importante. Pkr isso vim aqui ; )

  2. Achei o artigo bem fraco, acho que falta conhecimento do autor. Pra quem é leigo no assunto até é informativo, mas dizer que lucro/risco é MUITO baixo é absurdo. Não tem nada que os bancos possam fazer contra a bitcoin. Inventar uma moeda semelhante? Possível. Mas eles nao fariam isso porque isso nao geraria lucro a eles, alem do que os bancos devem seguir as regulacoes dos respectivos países, que jamais apoiariam algo que eles nao tem controle,como é o Bitcoin.
    E mais: nao pode ser “impresso” mais bitcoins. Simplismente o software não permite isso. E é por isso que é tão interessante. Não tem uma pessoa que manda nele. E justamente a sua maior qualidade é também o seu maior risco. Seu preço está sujeito 100% a flutuações do mercado. Enfim, quem quiser entender mais sobre o bitcoin recomendo procurar os artigos ou vídeos do Fernando Ulrich.

    • Ivna, muito obrigado pelo comentário!
      Divergimos na opinião, mas entendo o seu ponto. A verdade é que bitcoin não possui valor intrínseco, o que talvez possa não significar nada, ou talvez possa significar um grande risco.
      De qualquer forma, apesar de você me criticar, você escreveu a mesma coisa que eu. O bitcoin é uma concretização de uma ideia revolucionária, que é o blockchain. Agora falar que vale a pena investir em bitcoin é algo totalmente diferente.
      Investimento leva em conta risco e retorno, e tanto o risco quanto o retorno são imensuráveis neste caso, o que cria uma incerteza da incerteza, e transforma o investimento em uma aposta.
      É válido lembrar que eu já li diversos textos do Fernando Ulrich, e ele mesmo concorda com minha opinião. Ele repete exaustivamente os riscos de entrar em Bitcoin, mas quem é entusiasta e otimista (você, provavelmente) ignora estes avisos, o que não necessariamente é ruim. De qualquer forma, tentei deixar claro no artigo que sou totalmente a favor da ideia, mas eu pessoalmente não “investiria” em bitcoin. Mas aí é só uma divergência de opinião, e talvez não uma falta de conhecimento, concorda?
      Abs!