Estratégia de investimento mensal com Títulos Públicos pré-fixados

Escrito por: Ulisses Nehmi | Data: 16/11/2011 | Categoria: 79 comentários
Regularidade e Juros Compostos: uma Combinação Poderosa

O Tesouro Direto já nos ajuda bastante disponibilizando ativos seguros com baixo custo. No entanto, esses são apenas os instrumentos: quem define a estratégia e qual instrumento utilizar é o investidor.

Muita gente consegue se planejar para investir uma parte do que ganha todos os meses, mesmo que sejam valores pequenos. Se o horizonte desse investimento for qualquer coisa entre 3 e 10 anos, essa regularidade mensal permite que o investidor utilize uma estratégia de rentabilidade mais elevada com as LTN.

A estratégia consiste em investir todo mês valores aproximados para comprar a LTN com vencimento mais longo disponível no Tesouro Direto. A planilha abaixo tem uma simulação do resultado dessa estratégia desde 2005.

Planilha do MS Excel

A simulação contempla os custos do Tesouro Direto, supondo que foi escolhida uma corretora que não cobra nenhuma taxa adicional (além das taxas da CBLC). O único “custo” faltando na simulação é o imposto de renda, mas que será cobrado sempre à alíquota de 15%, já que sempre serão comprados títulos com mais de 2 anos para o vencimento. Isso explica porque a simulação começou apenas em 2005, e não antes: só em meados de 2005 o Tesouro Direto passou a vender LTN com prazo maior que 2 anos. Finalmente, utilizamos como benchmark 100% do CDI. Assim conseguimos medir o desempenho da estratégia.

Além de ser uma das estratégias mais poderosas para obter retornos mais elevados com títulos públicos, ela é extremamente acessível: como será comprada sempre a LTN com vencimento mais longo, será sempre a LTN “mais barata”. A simulação foi feita com a compra de 1 título por mês (cerca de R$ 750), mas é possível comprar títulos em múltiplo de 0,2 título, o que deixaria o aporte mensal em cerca de R$ 150! O gráfico abaixo mostra a evolução dessa estratégia em relação ao CDI.

Estratégia Mensal com LTN: Desempenho da Carteira

Quando algum título vence, basta reinvestir os recursos novamente na LTN mais longa (hoje é a LTN 2015), junto com o aporte mensal. Isso permite que os seus recursos entrem em um ciclo de multiplicação.

Tudo que a estratégia requer é:

Por isso, sugere-se escolher um valor de aplicação mensal que não será diminuído. Por outro lado, se o investidor conseguir aumentar o valor mensal, a estratégia deve trazer resultados ainda melhores. Lembre-se: o importante é começar!

Esta estratégia possui baixíssimo risco, pouco trabalho e mesmo descontando os custos, ainda rende mais que o CDI. Depois de 5 anos investindo aproximadamente R$ 750 por mês, a estratégia acumulou quase R$ 85 mil, enquanto que o benchmark acumulou R$ 80 mil. O gráfico abaixo mostra a evolução do quanto essa estratégia acumulou de rentabilidade a mais que o CDI.

Estratégia Mensal com LTN: Evolução do Retorno em Excesso ao CDI

Essa é uma forma muito simples e eficiente de aproveitar potencializar seus lucros: juros compostos e regularidade!

Ulisses Nehmi é editor do Blog do Investidor e profissional da área de investimentos.

Artigos relacionados
79 Comentários
  1. Fabio Alves, em 16/11/2011

    Excelente exemplo, mais uma vez está provado que quem tem regularidade e disciplina de investimento atrelado com a “mágica” dos juros compostos pode alcançar milhões.

    • Ulisses Nehmi, em 16/11/2011

      Fábio,
      É isso ai! Muito obrigado!
      Abs

  2. Valmir Duarte Costa, em 16/11/2011

    Ulisses , parabéns pelo artigo , imagine agora se você tivesse investido no CDB DIRETO( http://www.cdbdireto.com ) , você teria 10% a mais do que rendeu a estratégia descrita !

    Abraços

    Valmir

    • Ulisses Nehmi, em 16/11/2011

      Valmir,
      Ok, mas CDB de bancos de menor porte já tem muito mais risco que um título público. Vou abordar sobre isso um pouco mais pra frente…
      Abs

  3. Major, em 16/11/2011

    Olá Ulisses,

    Duas dúvidas:

    Será que em um cenário de juros crescentes está estratégia ainda bateria o CDI ?

    e

    Qual seria o rendimento se ao invés de LTN se utiliza-se LFT ?

    Abs

    • Ulisses Nehmi, em 17/11/2011

      Major,
      Perguntas muito pertinentes, muito obrigado pela oportunidade de respondê-las.

      1. De fato, tivemos dois movimentos de alta dos juros no período analisado, com a taxa Selic saindo de 8,75%aa para 12,50%aa. As taxas de juros pré-fixadas costumam embutir um “prêmio” na taxa pelo tempo que o investidor fica investido, e isso que pode, mesmo num cenário de alta de juros, fazer com que o retorno da estratégia pré-fixada ainda assim seja mais elevado.
      Olhando para mercados mais desenvolvidos, vemos essa característica nos títulos públicos. Nos EUA, por exemplo, apesar da taxa básica de juros estar a 0%aa, o título de 10 anos é negociado com taxa próxima a 2%. No Brasil estamos avançando, e como citei no artigo, só começamos a ter no Tesouro Direto LTN com mais de 2 anos para o vencimento em 2005…
      Termino a resposta desse item com um convite: na semana que vem publicarei um artigo comparando o desempenho da LFT e da LTN. Após sua leitura, convido-o para continuarmos debatendo o tema.

      2. Tinha pensado em fazer a comparação direto com a LFT, mas achei que ia ficar mais complicado para explicar o optei por comparar com um benchmark mais genérico: 100% do CDI.
      Se fizéssemos a estratégia com LFT, o rendimento seria menor que o CDI em cerca de 0,25%-0,30%aa. Explico: a taxa Selic (que remunera a LFT) costuma ser maior que o CDI, mas essa diferença não costuma passar de 0,05%aa. Já o custo do Tesouro direto (taxa da CBLC), também considerando uma corretora sem custos adicionais para o Tesouro Direto, é de 0,30%aa. Isso já desprezando os 0,10% de taxa da CBLC em cada compra de LFT…
      De quebra ainda temos um empecilho adicional: a compra mínima de LFT é de cerca de R$ 1.000.

      Abs

  4. Afrânio, em 17/11/2011

    Olá Ulisses,
    Caso eu tenha interesse em aplicar no TD com objetivo de resgate já em 2013, eu poderia adquirir a LTN2013 [01/01/2013]. Será que dentro da maior faixa de IR ainda sim seria mais vantajoso que a poupança? Abraço.

    • Ulisses Nehmi, em 17/11/2011

      Afrânio,
      Com os níveis atuais de juros, todos os investimentos no Tesouro Direto (com uma corretora que não cobra taxas) e que fiquem investidos por mais que 1 ano tem um rendimento maior que a poupança, sem contar que o risco é menor. Estou pensando num artigo sobre o tema para publicar em breve e deixar isso mais evidente.
      Abs

      • Tiago Fidel, em 08/12/2011

        Qual e a conta que tenho que fazer para analisar quando compensa deixar o dinheiro parado na poupança ou investir no tesouro, há alguma planilha para isso?

        • Ulisses Nehmi, em 10/12/2011

          Tiago,
          Vou fazer um artigo sobre isso em breve. Acompanhe!
          Abs

  5. Monira Lima, em 17/11/2011

    Boa tarde Ulisses,
    Estou iniciando nesse mundo de investimentos e estava planejando fazer um investimento bem parecido com o que vc citou no post. Mas tenho dois pontos que me deixam receosa ainda:
    1) A nossa selic está caindo, provavelmente não terei títulos pré-fixados com uma taxa tão atrativa qto a do exemplo do post. Vc tem idéia de uma margem de variação do lucro para os próximos anos?
    2) No seu post está bem claro que não foi considerado o IR. Mas como funciona esse desconto? Será descontado a cada venda de um título? Por exemplo: meu investimento é de 3 anos e no primeiro mês comprei um título de 3 anos. No 2º ano de investimento, comprarei outro título de 3 anos. Como meu investimento é de 3 anos, farei as antecipações dos últimos títulos comprados. E então pagarei a taxa do IR proporcional ao tempo que o dinheiro ficou investido, certo? Ficando o primeiro título com 15% e o último com a taxa de 22,5%? Se funciona dessa forma, então nos últimos investimentos é mais rentável investir na poupança do que nos títulos?
    Obrigada.

    • Ulisses Nehmi, em 17/11/2011

      Monira,
      Por partes:

      1. É verdade que a Selic está caindo, mas isso é muito bom para essa estratégia. Esse é mais um motivo pra fazer aplicações pré-fixadas, porque devem apresentar um retorno ainda maior! Além disso, conforme citei num comentário anterior, mesmo com os juros nos EUA em 0%aa, o título de 10 anos rende cerca de 2%aa. O que pode acontecer se a taxa ficar MUITO baixa é que outros tipos de investimentos (imóveis, títulos privados, etc) podem ficar mais atrativos. Até lá…

      2. Fiz questão de enfatizar que a simulação só começou em 2005 porque assim é possível sempre comprar um título com mais de 2 anos para o vencimento. Nesse caso, o IR será cobrado apenas quando o título vence, à alíquota de 15% do lucro. Não inclui os impostos pois ficaria difícil comparar com o benchmark, mas essa é uma das tributações mais interessantes que tem.
      Talvez tenha havido um entendimento equivocado da estratégia: você só compra títulos, todos os meses, e sempre o vencimento mais longo. Quando um título que você tinha na carteira vence (e o imposto de renda incide sobre o lucro, à alíquota de 15%), você reinveste os recursos no título mais longo disponível. Não tem nenhuma venda de títulos antecipados.

      Abs

  6. Transparência e Governança, em 17/11/2011

    Olá!
    Parabéns pelo Blog. Entendemos que a divulgação de informações e o debate sobre economia, mercado de capitais e governança corporativa é muito importante e cada dia mais necessária. Nós lutamos pelo respeito aos acionistas minoritários e por melhores práticas de governança. Visite o nosso site e deixe seu comentário. Queremos conhecê-lo e saber a sua opinião. http://www.transparenciaegovernanca.com.br
    Abraços,
    Equipe Transparência e Governança
    @T_Governanca

  7. Guilherme, em 17/11/2011

    Excelente texto!

    Um dos mais originais e práticos que já li envolvendo o Tesouro Direto!

    Uma observação que se faz necessária é que os títulos de prazo mais longo costumam ter mais volatilidade no curto prazo, o que significa que, se o investidor resolver sacar o dinheiro antes do vencimento, num momento conturbado do mercado, pode ter prejuízo. É só uma hipótese, mas existe.

    Outra é a questão atinente ao fato de que, a taxa SELIC se manteve em percentuais altos e com vários períodos indicando elevações, fazendo que o mercado cobrasse um prêmio de risco pelas LTNs de prazo mais longo. Com essa tendência de queda atual da SELIC, talvez isso não se repita.

    Feitas as observações, não se pode deixar de parabenizar o autor pelo prático exemplo de que é possível ganhar do CDI com estratégias simples e nada mirabolantes. E sem se arriscar em investimentos de alto risco, quanto ao emissor.

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

    p.s.: acredito que os resultados sejam similares se o estudo fosse feito com as NTN-Bs de prazo mais longo. =)

    • Ulisses Nehmi, em 17/11/2011

      Guilherme,
      Muito obrigado pelo comentários, e parabéns pelas observações, muito pertinentes.
      De fato, os preços da LTN podem variar, para cima (!) ou para baixo. Por isso comento sempre que a LTN implica em “falta de liquidez”, e por isso a necessidade de se planejar para mantê-las até o vencimento. Não é falta de liquidez no sentido estrito, pois o Tesouro Direto oferece liquidez semanal numa emergência, mas tem esse detalhe da marcação a mercado. Para os mais experientes, as possibilidades são mais amplas, mas é outra discussão.
      A curva de juros se manteve mais alta sim, mas esse é o “formato natural” da curva de juros: prêmio de risco para prazos maiores, e é isso que a estratégia visa capturar. A grosso modo, ela troca liquidez por retorno.
      Quanto ao mercado ter precificado altas de juros, concordo, mas com ressalvas: o mercado tende a colocar sempre o prêmio de risco. Agora mesmo, o “mercado” tem uma expectativa (que o BC vai derrubar os juros, porque o Tombini declarou que vai mesmo), mas os preços indicam outra coisa (que eventualmente ele não “terá espaço” para cortar os juros e terá que abortar essa estratégia). No fundo, a dinâmica da curva de juros faz com que o preço (taxa) se equilibre, de forma que quem investir em juros pré-fixados esteja sempre com uma “margem de segurança”. O mesmo se repete em mercados desenvolvidos e com históricos mais longos (no Brasil, mal conseguimos juntar 6 anos de histórico, mas estamos progredindo!).
      Considero os pontos altos da estratégia o retorno, a simplicidade e a acessibilidade.
      Para finalizar, está no cronograma o teste com a NTN-B, que não deixa de ter muitos desses benefícios, mas considero que nesse caso teria um outro benefício ainda mais importante. Aguarde!
      Abs

    • Ulisses Nehmi, em 08/12/2011

      Guilherme,
      Depois dê uma olhada: Estratégia de Investimento Mensal em NTN-B Principal.
      Abs

  8. Jônatas R. Silva, em 17/11/2011

    Excelente análise Ulisses, parabéns!
    Em renda fixa, para o pequeno investidor, o TD é imbatível.

    Abraço.

    • Ulisses Nehmi, em 17/11/2011

      Jônatas,
      Muito obrigado! O TD realmente tem custos muito baixos e é uma plataforma excelente.
      Quanto à ser imbatível na renda fixa, tenho uma ressalva: o Tesouro Direto baliza o mínimo de retorno que qualquer investidor deveria aceitar na renda fixa. Qualquer coisa com mais risco deveria render mais! Se as alternativas tradicionais não entregam resultados superiores, mostram que o investidor está confortável com o custo da conveniência (ou simplesmente não liga).
      Abs

  9. Ivan, em 18/11/2011

    Ulisses, parabéns pelo artigo! Comecei a investir em tesouro graças aos artigos do Blog, além de fazer essa estratégia mensal. Li em um artigo dizendo que o autor sempre é perguntado qual o melhor investimento a ser aplicado. A resposta dele foi de que a disciplina é o melhor investimento. Se o objetivo é investir 1000 reais por mes, e vc, por n motivos, só conseguiu investir 500 por mês, deixou de ter um “rendimento” de 100%!

    • Ulisses Nehmi, em 19/11/2011

      Ivan,
      Obrigado pelo comentário e por compartilhar essas experiências!
      É um bom ponto de vista, gostei! Como fica claro nesse artigo (e em outros que publicarei aqui), a disciplina e regularidade nos investimentos é o seu maior aliado!
      Abs

  10. Sabiston, em 19/11/2011

    Olá, gostei muito do blog, com informações muito utéis e escritas de maneira clara.

    Porém não sei se os fundadores do blog já pensaram em escrever a respeito de avaliar se os títulos do governo estão caros ou mais baratos. Se baixar o histórico do site do tesouro direto podemos avaliar epocas em que os preços estão mais em conta (e os juros mais atraentes) e epocas que preços estão mais elevados (juros menores). Quais estratégias seriam utilizadas para diminuir o risco de comprar no “topo” do tesouro direto.

    Obrigado

    • Ulisses Nehmi, em 19/11/2011

      Sabiston,
      Obrigado pelo comentário! Seu questionamento é muito pertinente. Para ativos que tem preços que oscilam bastante, esse é um risco real.
      No caso de títulos de renda fixa, esse risco é um pouco menor. Mesmo que as taxas oscilam, o investidor tem o tempo a seu favor. Além disso, existem diversas estratégias para mitigar esse tipo de risco de “comprar” num topo, como é o caso dessa que citei nesse artigo.
      Poderia estender bastante a resposta, mas vou seguir outra linha: sugiro que você acompanhe os artigos que publicarei nas próximas 3 semanas. Tenho certeza que o ajudarão a esclarecer especificamente essas dúvidas.
      Abs

  11. Alexandre, em 23/11/2011

    Olá Ulisses tenho uma duvida posso comprar o mesmo LTN: LTN 010115 , mais de uma vez como se fosse aporte adicional de uma poupança. Ou cada valor de R$ 200,00 por exemplo é um titulo diferente e então ele não é cumulativo para render mais obrigado.

    • Ulisses Nehmi, em 24/11/2011

      Alexandre,
      Você pode comprar quantas vezes quiser, como se fosse um aporte adicional. No caso dessa estratégia específica, fiz a simulação comprando sempre a LTN com vencimento mais longo.
      Abs

  12. Elton Carlos, em 24/11/2011

    Olá Ulisses, primeiramente agradecer por nos fornecer informações e debates calorosos como deste post. Parabéns! Tenho interesse em comprar uma moto no valor R$11.500,00, mas no momento não tenho nenhum valor inicial. Planejo a partir do inicio de janeiro ter R$600,00 todos os meses até 01/03/13, quando pretendo adquirir o bem, para investir. Seria vantajoso comprar LTN 010113, todos os meses, até a data citada, quando resgatarei o montante? ( Só como ressalva, sou iniciante no mundo dos investimentos. Falta-me conhecimento e sobra disposição)
    Abs.

    • Ulisses Nehmi, em 24/11/2011

      Elton,
      Parabéns pela decisão de economizar antes de comprar a moto, e não comprá-la e ficar pagando parcelas.
      Nesse caso, você pode escolher um vencimento um pouco mais longo (por exemplo, LTN 010114) e vendê-las quando precisar utilizar esses recursos. Dê uma olhada também nesse artigo.
      Abs

      • Elton Carlos, em 25/11/2011

        Bom dia Ulisses, vendendo antes do vencimento, eu não perco a rentabilidade?
        Abs.

        • Ulisses Nehmi, em 25/11/2011

          Elton,
          Se você vender faltando apenas alguns meses para o vencimento, não tem problema. Enquanto você estiver com o título, vocês estará sendo remunerado.
          Abs

  13. Francisco Medeiros, em 30/11/2011

    Excelente artigo!

    Não podemos esquecer que conseguir uma aplicação (segura!) que pague 100% do CDI com apenas de R$ 750/mês não é tão fácil. Ou seja, o benchmark escolhido para a análise foi de “gente grande”.

    Para parabéns pelo estudo.

    • Ulisses Nehmi, em 30/11/2011

      Francisco,
      Muito obrigado pelo comentário!
      Apenas uma observação: se ao invés de 1 título utilizarmos 0,2 título, o “mínimo” dessa estratégia cai pra quase R$ 150/mês…
      Abs

      • Francisco Medeiros, em 30/11/2011

        Ulisses,
        e conseguir 100% do CDI com investimentos de R$ 150/mês é um milagre. Essa sua estratégia é bem democrática: não importa se sua aplicação é de R$ 10 mil ou R$ 150 mensais, as taxas são as mesmas.

        E ela ainda atingirá um público maior a partir do próximo ano, quando o tesouro vai diminuir a aplicação mínima para R$ 30.

        Abraços.

        • Ulisses Nehmi, em 01/12/2011

          Francisco,
          Ainda não sei exatamente como serão as novas regras do Tesouro Direto, se permitirão valores de aplicação tão baixos, mas a ideia é essa mesmo!
          Abs

          • Francisco Medeiros, em 03/12/2011

            Ulisses,
            veja isso aqui então:

            1. InfoMoney.com – Novas regras devem popularizar Tesouro Direto – http://goo.gl/VG7iR
            2. Valor.com – Aplicação no Tesouro Direto cairá para R$ 30 – http://goo.gl/yDbDu

            Abraços.

    • Francis Baretta, em 01/12/2011

      Francisco, se pesquisar bem você acha CDB pagando 104,5% do CDI, com valor inicial de R$1.000,00 e sem carência, liquidez diária. São de bancos pequenos, mas quando falamos de valor inferior a R$70.000,00 não tem com o que se preocupar pois o CDB conta com proteção do FGC.
      Abraço.

      • Ulisses Nehmi, em 01/12/2011

        Francis,
        Posso adicionar uma outra ideia no seu comentário?
        Se sabemos quanto conseguimos ganhar num investimento “sem risco”, que são os títulos públicos, podemos concluir que se quisermos aplicar em qualquer outra aplicação, temos que ter um retorno maior, certo? Ou seja, é daí pra cima!
        Se nos canais tradicionais (agência) os retornos são muito menores, será que não é o canal errado (ou caro demais)?
        Concluindo: CDB tem mais risco, logo paga mais… É isso aí!
        Abs

        • Francisco Medeiros, em 03/12/2011

          Mesmo com o FGC, se for pra comprar CDB prefiro de um grande banco. Mas para meus propósitos, o Tesouro Direto é excelente. Em tempo:

          “Banco Sofisa fecha três agências:
          Serão fechadas as unidades de Belém (PA), Salvador (BA) e Teresina (PI).”

          Link:http://glo.bo/vJof7D

          • Ulisses Nehmi, em 04/12/2011

            Francisco,
            Quanto a CDB de banco grande, desde que pague mais que os títulos públicos no Tesouro Direto, pode ser uma opção interessante…
            Abs

  14. Ulisses Nehmi, em 04/12/2011

    Francisco,
    Pelas notícias veiculadas sobre as mudanças no Tesouro Direto, o mais importante é que o investidor poderá comprar de 0,1 em 0,1 título, ao invés do atual 0,2 em 0,2… o R$ 30 vai ficar por conta de alguma NTN-B Principal 2035 ou 2045(?), por exemplo, que tenha preço na casa dos R$ 300…
    Parece que terão outras melhorias, como a possibilidade de programar compras, vamos aguardar!
    Abs

  15. leandro santos, em 08/12/2011

    Olá Ulisses, obrigado pelas informações, depois que descobri sei blog não falo em investimentos sem consulta-lo!
    sobre este texto tenho uma duvida.se fizermos esta mesm a estrategia de aplicações mensais porem utilizando o NTNB principal comprando sempre o mais longo possivel( pensando em aposentadoria) seria masi ou menos vantajoso que o LTN????
    OBRIGADO

  16. Pedro, em 14/12/2011

    Ulisses, estou lendo os seus dois artigos sobre estrategia de investimento no TD e nao consegui matar uma duvida. Recebi o valor de 200 mil da venda de um imovel e queria montar uma estrategia para fazer desse montante parte da minha aposentadoria. Como eu faria? Compraria de uma de uma vez n titulos ate chegar ao valor de 200 mil ?

  17. Julio, em 12/01/2012

    Olá,

    Excelente artigo!
    Sou investidor regular no TD e tenho uma dúvida. Tenho LTNs com vencimento em 01/01/2103 como mais de 2 anos contado da data da compra (ou seja, com IR a 15%) onde a taxa de juros atual dela está em 10,11% a.a. Será que vale a pena eu vender essas LTNs agora e comprar as com vencimento em 01/01/2015 que estão pagando taxa de 11,08% a.a.?

    • Ulisses Nehmi, em 16/01/2012

      Julio,
      Essa é exatamente a essência dessa estratégia!
      Se fosse sofisticar essa estratégia ainda mais, seria fazer a rolagem (vender o título mais próximo do vencimento e reinvestir tudo nas LTN mais longas) com algo entre 6 meses e 1 ano antes do vencimento. O importante é que todas as compras desse título já tenham completado 2 anos e o lucro seja tributado a alíquota de 15% de IR.
      Abs

  18. fabio, em 05/02/2012

    ei Ulisses, vale a pena mudar para a novaLTN 010116 para quem começou a aplicar em LTN 010115 em 01/01/2012 seguindo essa estratégia de de investimento?

    • Ulisses Nehmi, em 05/02/2012

      Fábio,
      Se você está seguindo essa estratégia, pode fazer as novas compras no vencimento 2016. Já em relação aos investimentos já feitos, espere que eles vençam ou completem pelo menos 2 anos do investimento (para ter uma alíquota de IR menor) para comprar os títulos mais longos. Quem sabe até lá não tem a LTN 2017 ou 2018 pra comprar?
      Abs

  19. fabio, em 05/02/2012

    Entendo, mas para seguir sua estratégia devo PARAR de fazer os aportes na LTN 010115 e esperar 2 anos para resgatar-la enquanto faço aportes apenas na nova LTN 010116 e reaplicar na mais longa LTN vigente na data futura? é exatamente assim que funciona? pois pensei que esse procedimento iria quebrar o ciclo dos juros compostos quando parasse de fazer aportes na LTN 010115.

    • Ulisses Nehmi, em 05/02/2012

      Fábio,
      É isso mesmo. A estratégia é comprar mensalmente o título com o vencimento mais longo. Quando algum título vencer, reinvista os valores no título mais longo novamente. Dessa forma, reinvestindo sempre, você estará se beneficiando dos juros compostos.
      Abs

  20. soraya, em 08/02/2012

    ulisses, a taxa de administração para o tesouro direto é cobrada apenas uma vez sobre os rendimentos, certo? por exemplo, se minha corretora cobra 0,5% ao ano, essa taxa será cobrada uma vez ao ano sobre os rendimentos obtidos naquele ano, ou será cobrada todo ano sobre todo o rendimento? dessa segunda forma seria “taxa em cima de taxa” né?

    • Ulisses Nehmi, em 11/02/2012

      Soraya,
      A taxa de administração é expressa em valor anual, e cobrada semestralmente sobre o valor total dos títulos. Na prática, se a corretora cobra 0,5% ao ano e você tem R$ 10.000 investido, ela cobrará aproximadamente R$ 25 por semestre. Lembre-se que além da taxa de administração da corretora, tem a taxa da CBLC, de 0,30% ao ano. Sugiro que leia os artigos sobre o Tesouro Direto e como escolher uma corretora.
      Abs

  21. Raimundo Aragao, em 21/03/2012

    Bom dia Ulisses,

    Estou abrindo uma conta no BB para comecar um investimento de 4 anos com depositos mensais em LTN. De acordo com a estrategia de investimento mensal em LTN vou obter um bom retorno se comprar um sempre o titulo mais longo durante os 4 anos de investimento. Entretanto, a previsao de inflacao ate 2016 e de 6% a.a. Voce acredita que ainda devo aplicar em LTN ao inves de NTN-B principal? Grato, Raimundo

  22. Thiago, em 22/03/2012

    Ulisses boa tarde, estava dando uma procurada a respeito de investimentos e como “ganho pouco” rs estou apenas começando minha vida profissional porem ja gostaria de pensar no futuro, mesmo que seja com um pouquinho por mês naquela história do grão em grão a galinha enche o bico, acredito que o tesouro direto seja uma das melhores alternativas para o meu perfil de investimento pelas taxas e pela possibilidade de se investir mensalmente um valor pequeno, após fazer as analises achei interessante este modelo de investimento mensal com Títulos Públicos pré-fixados, porém me surgiu uma duvida! se sempre resgatarei e aplicarei novamente na data de vencimento mais longa, como obtenho o montante de uma só vez por exemplo para aquisição de um imóvel? No caso eu teria que esperar o vencimento do ultimo titulo comprado correto? E no caso da NTN-B Principal tenho a opção de comprar mensalmente para vencimento no mesmo dia? isto é em um determinado dia todo o montante aplicado mes a mes seria resgado? Desde já agradeço e parabéns pelo blog! Sou um leigo no assunto e ja possuo algum conhecimento graças a ele!

    Grande abraço.

    • Ulisses Nehmi, em 23/03/2012

      Thiago,
      Muito obrigado pelo comentário!
      Sugiro a leitura do artigo sobre como funciona o Tesouro Direto. Basicamente, você pode esperar vencer ou vendê-los todos de uma vez só. Toda 4.a feira você tem a possibilidade de vender os seus títulos, ou seja, resgatar o seu investimento. Mas parabéns, está no caminho certo!
      Abs

      • Thiago, em 27/03/2012

        Ulisses desde que me respondeu a pergunta venho estudando as hipoteses inclusive ja abri minha conta no BANIF que não cobra taxa para investimentos do tesouro direto correto? Mas ainda persisto com uma dúvida! Gostaria de fazer um investimento de mais ou menos de 8 a 12 anos no caso pensei na NTNB Principal 150824 ou LTN Com vencimento mais antigo que hoje é a de 2016, pretendo comprar todos os meses uma quantia em torno de 0,4 titulos, se for no caso da NTN Comprarei para o mesmo vencimento 2024 se for LTN sempre de vencimento mais antigo, minha dúvida! O titulo que rende mais é o LTN correto? Porem não esta protegido da inflação é isso? ja o NTN Rende menos mas valoriza junto a inflação correto? e como retiro o total dos investimentos supondo que apliquei em LTN! Supondo que as primeira ltns começaram a vencer e quero resgatar as outras que ainda não venceram! ok posso vendelas na quarta feira antes do vencimento! Mas não estaria perdendo dinheiro ou apenas deixando de ganhar mais?

        Desculpe pela metralhada de perguntas, é que estou muito entusiasmado a começar aa fazer minha reserva e estou aprendendo muito com o blog! Grande abraço.

        Att. Thiago martins

        • Ulisses Nehmi, em 07/04/2012

          Thiago,
          Sobre escolher LTN ou NTN-B Principal, depende do seu objetivo. Se você só precisará dos recursos em 8-12 anos, de repente a proteção da inflação pode ser mais importante, certo? Assim, mais do que escolher o que deve render mais, escolha o título que melhor o protegerá do seu risco (ou do que te preocupa).
          De qualquer forma, se numa emergência você precisar resgatar qualquer título do Tesouro Direto, pode vendê-los toda 4.a feira.
          Abs

  23. Fabiano, em 24/03/2012

    Olá! Parabéns pelo blog, a qualidade das informações é excelente!

    Pretendo investir em torno de R$ 40.000,00 agora com previsão de resgate em 15 meses. Qual é o título público indicado?

    Obrigado!

  24. Aylton, em 26/04/2012

    quero investir 10.000, qual é a melhor forma e o melhor lucro ,com menor risco

  25. Emília Rodriguez, em 27/04/2012

    olá amigo!

    venho pesquisando sobre o Tesouro direto há quase 1 mês. Acho que me falta é coragem para começar. Li várias vezes sobre o ‘começar’ em seu blog. Já fiz meu cadastro no TD e no Banco do Brasil. Quero investir inicialmente um valor pequeno de 1.000,00. É o que dá no momento. Se eu gostar da rentabilidade, quem sabe invisto mais. O BB cobra taxa de 0,50. É muito? Outra pergunta: qual melhor título para comprar neste momento, isto é, se fosse para eu comprar hoje (27/04/12) qual ficaria satisfeita? Fiquei pensando inicialmente no NTNB PRINCIPAL 2015 – o que você acha?

    Desde já agradeço pela atenção e parabéns pelo blog. Ele me transmite mais transparência e facilidade em compreender sobre o TD.

  26. bom dia Ulisses, em 27/06/2012

    Primeiramente parabens pelo blog,
    Agora ainda estou com uma duvida, eu possuo uma previdencia privada em que contribuo 500,00 por mes, ela rendeu nos ultimos 12 meses 10,16%. Seria mais vantajoso investir na LTN?

  27. Leandro Resende, em 10/08/2012

    Boa noite Ulisses ,
    Primeiramente,gostaria de parabeniza lo pois o blog e sensacional.
    Fiquei muito empolgado a investir no tesouro dieto mas nao sei se e uma epoca boa. Estava querendo seguir a estrategia de compras mensais.LTN esta tao em baixa assim a ponto de render menos que LFT ou atraves da compra mensal ficaria mais interessante .Penso num horizonte de dois anos.Desde ja muito obrigado.Valeu

  28. Adriano, em 21/08/2012

    Investir hoje um capital de R$ 1.000.000,00 em LTN vale a pena ??? Não tenho prática em investimento e a idéia é deixar o capital aplicado até o vencimento, não desejo ficar me preoucupando com variaçôes monetárias o que me aconselhas ???

  29. Felipe, em 07/09/2012

    Bom dia e novamente parabéns pelo ótimo blog! Eu me perdi em uma frase “será comprada sempre a LTN com vencimento mais longo”. Minha dúvida é: Eu pretendo investir R$500,00/mês para resgate em 2015 (LTN 010115) eu vou aplicar o dinheiro sempre na LTN 010115 ou cada aplicação vai para um novo título?

  30. Daniel Bassi, em 01/10/2012

    Ulisses,

    Você acha que esta estratégia ainda é viável no cenário econômico atual? Tem alguma outra sugestão de carteira ou estratégia com as LTN’s?

  31. paulo cardozo, em 24/10/2012

    ola ulisses, tenho duas duvidas.
    quero investir no tesouro direto estou me cadastrando na socopa por noa pagar taxa de administraçao, mas minha pergunta é: eu posso investir em uma ntnb-principal com vencimento que eu escolher e com o valor que eu escolher tbm? por exemplo quero investir 2000 para resgatar em 2018. mesmo que o tesouro direto nao forneça essa data eu posso escolher? muito obrigado pelo blog, está ajudando muita gente.

  32. HAMILTON BARBOSA, em 07/11/2012

    HOJE 07/11/2012 COMPREI LTN NO VALOR DE 782,00 COM VENCIMENTO EM 2016.PERGUNTO COMO FAÇO PARA IR AUMENTANDO O VALOR E SE VALE APENA DEVIDO AO NOSSO CENÁRIO ATUAL.OBRIGADO

    • Ulisses Nehmi, em 02/12/2012

      Hamilton,
      Dê uma olhada na estratégia descrita nesse artigo, por exemplo. Note que em todo o Blog do Investidor eu sugiro que o investidor tome a decisão por si, com base nas suas necessidades em relação investimento (segurança, liquidez, etc). Assim, só vc será capaz de responder essa sua pergunta.
      Abs

  33. joyce, em 23/12/2012

    Olá tenho q ter conta corrente para investir?
    2-como fazer as contas no caso de investir 800 reais ,sendo que pago 10% ,mas 30% banco,mas alguma coisa ao ano?
    3-Qual é a melhor oppção para quem quer investir a medio prazo a NTN-F OU NTN-B?
    Obrigada aguardo respota

    • Ulisses Nehmi, em 26/12/2012

      Joyce,
      Vc precisa ter conta em uma corretora. Dê uma olhada no artigo sobre como escolher uma corretora para o TD, de preferência que não tenha taxas.
      É possível investir com 800 reais, embora não tenha entendido esses valores (10% e 30%) que vc escreveu.
      Por fim, escolha o título que atende melhor às suas necessidades. Veja esse artigo.
      Abs

  34. marina, em 11/02/2013

    Olá Ulisses, uma boa estratégia é sempre parar de investir em um determinado título 2 anos antes do vencimento dele para obter o menor IR (15%). Estou pensando em fazer aportes mensais sempre no mesmo título com o mesmo vencimento, até pelo menos 2 anos antes dele vencer, e dentro destes 2 anos, aplicar em outros. Entretanto, o que já investi naquele primeiro título mensalmente vai ficar parado, até vencer, durante o período de 2 ano, e só vou poder mexer nele no investimento, seja por resgate ou investimento normalmente. Este gap de 2 anos é que não estou conseguir ver o benefício, isto para evitar IR superior a 15%.

  35. Israel, em 15/02/2013

    Caro Ulisses,

    obrigado pelos posts do seu blog. Muito bom!

    Gostaria de tirar uma dúvida, se meu objetivo é acumular para um evento específico em um ano, no meio da estratégia eu devo parar de comprar a LTN mais longa e comprar a que vence no ano que pretendo retirar, correto? Ou compensa comprar a mais longa para retirar antes?

    Abraço,

    Israel

  36. anamaria, em 15/02/2013

    Oi, Tenho 18 anos e queria sugestão para primeiro investimento.
    Escapei do titulo de capitalização e poupança lendo os artigos do blog, agradeceria uma boa sugestão pra quem ta começando!
    Abraco

  37. Aderbal, em 24/03/2013

    Olá Ulisses, gostaria de saber se os titulos : LTN e LFT tem um valor minimo de investimento e se é obrigado a investir todo mês . Entretanto tenho 1000 reais para investir ,o certo seria investir 500 em cada um ou investir todo em um único titulo!

  38. Mia, em 25/03/2013

    Well, that was an extremely pleasing 15 mins I spent reading through your site, thanks a lot. Mia http://www.blurty.com/talkpost.bml?journal=dickerson6451&itemid=372

  39. Marta Matos, em 25/05/2013

    Estou querendo fazer render meu dinheiro mas não sei em que investir, sei que a poupança não rende quase nada, e não sei onde comprar estes tesouros direto, como faço pra começar a investir por favor ajude-me.

  40. Fabio Alcantara de Faria, em 06/09/2013

    Cara. Muito bom ter achado esse seu blog. Tenho aprendido muito de uma forma fácil e rápida.
    Sobre esse artigo tenho uma dúvida que deve ser ridícula, mas vamos lá.
    Consiste na compra mensal do título com vencimento mais longo.
    Mas por exemplo. COmeço a comprar hoje 0,5 do título para terminar em 2020 por exemplo. Todo mês compro esse valor do título com o vencimento mais longo. Em 2019 estarei comprando ainda e terei que comprar o título com vencimento 2025 por exemplo… É isso??
    Desculpe a ignorância. E muito obrigado desde já.

  41. Guilherme, em 21/11/2013

    Ulisses,
    Bom Dia!
    Uma dúvida…
    Se eu comprar uma LTN com vencimento em 2017 e fizer aportes mensais, o IR nos últimos meses será de 22,5%? Mesmo sendo apenas aporte?
    Porque na compra será de 15% já que a data é maior que 2 anos.

    Obrigado e Parabens pelo BLOG

  42. Stéphany Medeiros, em 13/05/2014

    Boa tarde Ulisses, muito obrigada pelo texto. Estou iniciando por agora essa vida de investimentos e o seu blog é dos meus guiadores. Eu fiquei em duvida em relação ao seguinte, por exemplo : Eu comprei um titulo hj por 800.00 vencimento de 4 anos, como funciona esse aportes? É no mesmo titulo? ou seja, comprando novamente o mesmo titulo com o valor do meu aporte mensal ou semestral? é isso?
    Ficaria muito grata pela resposta :D

Deixe seu comentário

*

Receba as novidades do Blog do Investidor