Como declarar a Poupança no Imposto de Renda?

160
21

Série Como Declarar Investimentos no Imposto de Renda | Poupança

Este artigo apresenta um resumo sobre a tributação da Poupança e um guia passo a passo de como incluí-la na Declaração Anual de Imposto de Renda Pessoa Física.

 

Tributação

Os rendimentos da poupança são isentos de Imposto de Renda.

 

Declaração anual da Poupança no Imposto de Renda

Tenha em mãos o Informe de Rendimentos enviado pela instituição na qual você tem conta corrente, ele contém todos os dados que serão necessários. Se ele não chegar pelo correio, normalmente fica disponível no Internet Banking.

I. Como declarar os ganhos (rendimentos) da Poupança?

O valor dos ganhos declarados corresponde à soma dos valores creditados como rendimento na conta poupança ao longo do ano. No programa IRPF:

  1. Entre na opção Rendimentos Isentos e Não Tributáveis
    IRPF - Rendimentos Isentos e Não Tributáveis
  2. Clique no botão à direita de 08. Rendimentos de cadernetas de poupanças e letras hipotecárias
    IRPF - Rendimentos Isentos e Não Tributáveis: Poupança, LCI, CRI
  3. Clique no botão Novo
    IRPF - Rendimentos: Novo
  4. No campo Especificação, digite uma descrição contendo o tipo de investimento (Poupança), o nome e o CNPJ da instituição financeira conforme consta no Informe de Rendimentos
  5. No campo Valor, digite o valor dos ganhos (rendimento) na poupança exatamente como consta no Informe de Rendimentos
  6. Clique em OK
  7. Se necessário, repita o procedimento dos passos 3 a 6 para incluir o rendimento de poupança em outras instituições, conforme a figura abaixo
    IRPF - Rendimentos Isentos e Não Tributáveis - Quadro Auxiliar
  8. Clique em OK

II. Como declarar o saldo investido na Poupança?

O saldo na conta poupança em 31/dez deve ser declarado na seção de Bens e Direitos. No programa IRPF:

  1. Entre na opção Bens e Direitos
    IRPF - Bens e Direitos
  2. Procure entre as opções existentes se existe alguma linha com a discriminação “Conta Poupança no Banco XYZ, CNPJ 99.999.999/0001-99”. Caso já exista essa linha, selecione essa linha, clique no botão Editar e pule para o passo 5 abaixo. Caso não exista, clique no botão Novo
    IRPF - Bens e Direitos - Detalhes da Poupança
  3. No campo Código, escolha a opção 41 – Caderneta de poupança
  4. No campo Discriminação, digite uma descrição contendo o tipo do investimento (Poupança), o nome e o CNPJ da instituição financeira conforme consta no Informe de Rendimentos
  5. No campo Situação em 31/12/2012, digite o valor do saldo na poupança exatamente como consta no Informe de Rendimentos
  6. Clique em OK
  7. Se necessário, repita o procedimento dos passos 2 a 6 para incluir o saldo na poupança em outras instituições
    IRPF - Bens e Direitos - Poupança

Você tem mais algum investimento? Veja o guia passo a passo para declarar outros investimentos no seu Imposto de Renda!

Ulisses Nehmi é editor do Blog do Investidor e profissional da área de investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

160 COMENTÁRIOS

  1. Percebi que poupanças mais gordas devem ser declaradas para justificar aquisição de bens, até para que a Receita conheça a origem dos recursos. Mas pergunto, há incidência de IR sobre poupança? Li algumas coisas na internet que rendimentos de poupança acima de R$ 50.000 são tributáveis com IR? Essa informação procede, ou poupança é definitivamente isento de IR, independente do valor?

  2. muito bom, gostaria de saber se tenho que declarar irpf sendo que nem eu nem meu marido declaramos pois nosso rendimento(salario) nao ultrapassa o valor permitido, so que temos uma conta poupança. Preciso declarar por causa da conta ou tem um valor X na poupança que quando ultrapassar terei de declarar? Agradeço se puder me responder.

  3. Olá gostaria de saber a partir de que valor aplicado na poupança eu tenho que declarar??? E se eu possuir um imóvel (casa) preciso declarar???

  4. Boa tarde e bom feriado. Muito embora o blog seja restrito às informações sobre poupança, mas tomo a liberdade para pedir-te estas informações se possível.
    Sou isenta, mas sempre declaro, entretanto em 2009 não declarei, e tomei conhecimento agora que tenho pendência junto ao fisco, Não recebi nenhuma notificação em domicilio, a não ser esta informação no extrato que peguei pelo site da receita:

    ” Débitos/Pendências na Receita Federal
    Ausência de Declarações
    DIRPF (EXERCÍCIO) 2010

    Conta Corrente
    5320 – MULTA POR ATRASO DIRPF
    PA/Ex Dt.Vcto Valor Original Saldo Devedor Unid. Monet.
    2008 12/02/2009 1 65,74 154,75 REAL

    Assim sendo, qual seria a vossa orientação, se possível.
    Att.

    • Isso que dizer que a decl de 2008 foi entregue em atraso, gerando essa multa 5320, e esta faltando fazer a de 2010 tbm., que gerara outra multa de 165,74, por esta em atraso

  5. Ulisses muito boa sua explcação Parabens….
    Não abusando, sou leigo no assunto eu não declarei a poupança ano passado se eu declarar este ano pode me dar algum problema?
    no programa IRPF se eu declarar no simplificado tenho que pagar 24,00 se optar pelo de deduçoes legais me restituem 54,00, melhor ser restituido né? Meu dinheiro é suado tenho medo de fazer algo e eles acharem que esta errado e ir parar na tal da malha fina…
    Abs! Obrigado

  6. oi, postei uma pergunta no dia 26/04/12, sobre dinheiro na poupança, ninguém respondeu ainda, gostaria que alguém fizesse a gentileza de responder porque o prazo para declarar está se esgotando, obrigado

  7. Caro Ulises!

    como faco pra declarar transferencia de dinheiro em moeda estrangeira para fora do pais? Neste caso a pessoa que recebe eh estrangeira e nao possui CPF no brasil.
    Obrigado

  8. Boa Tarde,
    Comprei um carro em Maio de 2010 e na declaração de 2011 mencionei o mesmo, só que em Março de 2012 passei o carro p/ outra pessoa que irá assumir as prestações, sendo k o mesmo ainda continua em meu nome. Tenho k fazer declaração de IR 2012 incluindo este carro ? Tenho 13.000 na poupança decorrente de Fgts quando sai da empresa em 2010, este também devo declarar?

    No Aguardo,
    Adriana.

  9. Amigo, em 2010 eu vendi o meu único apartamento e declarei na declaração do ano passado a venda, porem esqueci de declarar o dinheiro que havia colocado em poupança. Atualmente o meu dinheiro está em CDB e vou declarar. no entanto como não declarei ano passado parece que meu patrimonio cresceu e logicamente é o dinheiro da venda do meu apto. como devo declarar esse ano?

  10. Poxa desculpe os erros,: segue novamente:
    Olá, muito bom o texto, bem sobre poupança eu já sabia.
    vou formular uma dúvida:
    Posso declarar minha mãe na Completa (pois já declaro milha filha) como dependente? detalhes; ela não tem renda recebida de pessoa jurídica e sim alguns poucos Reais (coisa de R$4.000 recebido pelo INSS, devido já a 3 anos não poder trabalhar e nem se aposentar, e tem uma casinha no nome e do marido.
    Percebo que quando lanço ela na aba dependendes, mesmo sem nenhuma informação, automaticamente o sistema já baixa o valor de imposto a pagar, poque acontece isso?
    Obrigado desde já
    Robsom

  11. Olá, muito bom o texto, bem sobre poupança eu já sabia.
    vou formular uma dúvida:
    Posso declarar na Completa (pois já declarao milha filha) como dependente? detalhes; ela não tem renda recebida de pessoa jurídica e sim alguns poucos Reais (coisa de R$4.000 recebido pelo INSS, e tem uma cainha no nome e do marido.
    Percebo que quando lanço ela na aba dependendes, mesmo sem nenhuma informação, automaticamente o sistema já baixa o valor de imposto a pagar, poque acontece isso?
    Obrigado desde já
    Robsom

  12. oi, minha esposa tem uma conta na poupança de R$ 10.000,00, mas o salário que ele ganha, em torno de 800,00 é isento de declaração, gostaria de saber se tem um valor mínimo para declarar a poupança, ou se ela tem que declarar de qualquer maneira. obrigado aguardo uma resposta

  13. Boa Noite Ulisses,
    gostaria de saber se mesmo fazendo a declaração simplificada tem que declarar o saldo em conta corrente em 31/12 pois nos demais anos achei que não precisava e acabei não declarando e outra dúvida tenho uma conta poupança e nos anos anteriores não declarei seu saldo e rendimentos é necessario declarar mesmo sendo a declaração simplificada? E se sim terei problemas se vier a declarar agora.

    Desde já agradeço a atenção.

  14. Olá boa tarde!

    Tem que declarar caderneta de poupança? E como se declara? Olha, vou te dizer…esse pessoal do governo deveria fazer uma assessoria para as pessoas declararem seus impostos…é lamentável…eu nunca declarei o que tenho na poupança antes…tem que declarar?

    Desde já agradeço a resposta.

    • Eduardo,
      Se você não possui renda e bens, e possui apenas poupança, muitas vezes não é preciso declarar. Mas se você já faz a declaração de imposto de renda, inclua a poupança nela.
      Abs

  15. Olá, tudo bem?

    tenho uma dúvida…..no ano passado esqueci de declarar minha caderneta de poupança que teve um rendimento aproximado de 900,00. declaro esse ano? e preencho o valor do ano passado no campo destinado a situação em 2010?

    Agradeço e uma ótima semana
    tha

  16. Ulisses, boa tarde,
    Assisti a um vídeo de um especialista dizendo que só é preciso declarar poupanças com rendimentos acima da 40.000,00. Essa informação confere?
    Minha poupança tem um valor muuuito inferior a isso e estou tendendo a não declará-la.
    Pode me ajudar?

    • Ana, se você apenas possuir uma poupança de valor baixo, não precisa fazer a declaração.
      Mas se você já possui renda, e já for entregar a declaração, inclua a sua poupança nela.
      Abs

  17. Tenho uma poupança há quinze anos, que hoje está em 320.000,00 e nunca declarei.
    Teria que ter declarado?
    Existe um valor definido, que a patir dele torne a declaração obrigatoria?
    Isso pode me trazer problema?

    • José,
      Eu recomendo fazer as retificações dos anos anteriores e incluir esta poupança, pois se você utilizar este dinheiro para comprar um bem, por exemplo, terá problemas.
      Abs

  18. Ulisses, primeiramente, parabéns pelo blog.
    Tenho uma dúvida: no ano passado, eu não era obrigada a declarar IR, já que minha renda havia sido de R$ 18.000. No entanto, minha me orientou a declarar mesmo assim, pois eu tinha um valor de R$ 200 retido, que eu poderia recuperar. Pedi então para ela fazer a declaração.
    Este ano tenho que declarar. Ao verificar a movimentação dos meus saldos bancários, me lembrei que a contadora não declarou em 2010 um saldo de R$ 21.000 que eu tinha na poupança em 31/12/2010 e que em 2011 foi utilizado na compra de um imóvel. Se eu for declarar o saldo da minha poupança em 31/12/2011 (que está em R$4.000), terei que colocar o saldo do ano anterior…o que você me aconselha a fazer?
    Abs

  19. Boa Tarde, tive uma moto, onde pagava prestações ao meu primo sem um financiamento por banco, ficando essa moto em meu uso mas com o documento em nome de outra pessoa, fiz o seguro dessa moto em meu nome, onde tive uma indenização por roubo dessa moto, essa indenização foi feita diretamente em conta, mas do meu primo, o qual por sua vez abateu uma prestação devida e transferiu o dinheiro para minha conta (Bradesco), eu por minha vez transferi o dinheiro para outra conta poupança na (Caixa Economica Federal), fiz um acordo e transferi um valor para quitação do valor devido. Como vou efetuar a declaração desses valores em conta, entrada e saida? OBS: não declarei ano passado, pois estava isento e com saldo baixo nas contas poupanças, este ano permaneço isento, mas com saldo alto na poupança.
    Aguardo

    • Alexandre, me perdi um pouco com sua explicação, mas fique tranquilo, se até ano passado você era isento, não haverá problemas em declarar pela primeira vez.
      Abs

  20. Minha declaração de imposto de renda se tornou obrigatória em 2012, em virtude de ter assumido cargo público no final de 2010.
    Logo nunca declarei.
    Em 31/12/2010 o saldo de miha poupança era 41 mil. Em 31/12/2011 era de 53.400,00. Minha renda anual é em torno de 30 mil.
    Na sua opinião terei problemas se declarar a poupança? Serei multado ou algo semelhante? O que devo fazer?

    • Joao, agradeço pela mensagem e gostaria de lembrá-lo que disponibilizamos de forma gratuita informações no blog por hobby, pois temos como objetivo promover a educação financeira.
      Abs!

  21. Olá Ulisses,

    Excelente a matéria. Fiquei apenas com uma dúvida. Se eu estou dentro da faixa de isenção, mas tenho valores investidos na poupança, devo mesmo assim fazer a declaração, ou continuo apenas declarando como isento, sem incluir a poupança?

    Obrigado!

  22. gostaria de saber se um valor de R$ 60.000,00 acumulado ao longo de alguns anos na conta poupança precisa ser declarado? Caso não, pode cair na malha? Ressalto que nunca declarei, pois nunca ultrapassei o valor para declaração de imposto de renda. Como devo proceder?
    Agradeço desde já.
    Aguardo respostas.

    • Carla,
      Recomendo sempre declarar todos os seus bens, ainda mais quando a origem destes recursos são comprovadas. Não há porque esconder este tipo de renda. Declare e faça as retificações.
      Abs!

  23. Quem dera a Receita e os seus programas tivessem orientações como a desta página. Com certeza muitos contribuintes não cometeriam erros (nem receberiam punições) por desconhecimento. Explicações claras e precisas. Parabéns.

  24. Abrir uma caderneta de poupança no nome da minha filha que tem agora 18 anos, e recebi pela 1ª. vez pelo correio o Informe de Rendimento Financeiro de pessoa física de 2011 dessa caderneta no valor mais ou menos de R$ 6.000,00 sendo que esse ano já utilizei o valor para outras coisas. Mesmo ela sendo isenta e nunca ter declarado, e estando a caderneta na minha responsabilidade é preciso declarar o imposto de renda? Seria no meu nome que já declaro todo ano ou uma nova declaração no nome dela? Qual o procedimento??

  25. Ulisses Nehmi,
    Este ano (2012) será feita a minha primeira declaração, não por ter atingido o valor total de rendimento anual exigido pela receita federal, e sim, por ter retido um valor de ± R$ 100,00 no meu salario devido a horas extras.
    Devo informar uma moto que comprei em 2010?
    Também devo informar os rendimentos da minha poupança?

  26. Olá Ulisses tudo bem? A minha dúvida é: tenho uma conta poupança onde “guardo, quando sobra” o meu salário. Todo o saldo da conta é proveniente do meu salário. Mas como eu já declaro os meus rendimentos, não fica duplicado estes rendimentos, visto que eu estou os declarando duas vezes?
    Aguardo resposta breve.
    Muito obrigado.

    • Osmar, são rendimentos diferentes, o do seu salário e o de um investimento. É como se o rendimento de um investimento fosse uma outra renda.
      Abs

  27. Sr. Ulisse,
    Bom dia,
    Tenho uma conta conjunta com minha mãe, ela 2a titular. Foi feito um depósito em poupança para ela nesa conta. O saldo pertence a ela, mas tenho que declarar em meu nome, por ser a 1a titular?

    Obrigada

    • Fabiana,
      Embora a conta seja conjunta, cada titular deve declarar a sua parte correspondente. Pelo que eu entendi em sua mensagem, sua mãe deve declarar este valor.
      Abs

  28. Ulisses, antes de mais nada parabéns pelo blog.
    Como declaro os depósitos mensais que tenho feito na conta poupança de minhas filhas (2 dependentes)?

  29. boa noite!!!
    Na Declaração exercício 2011 não lancei o valor da Caderneta de Poupança do meu pai que é meu dependente. Ele tinha 10.000,00 e no ano 2011 tinha 10.200,00. Minha pergunta é posso lançar agora em 2012 os R$ 10.000,00 na situação de 2010 sem ter lançado no exercício 2011?

    Obrigado

    • Marcio, o valor é baixo e acredito não ter muitos problemas em lançar apenas em 2012 sem ter lançado em 2011. Mas recomendo fazer a retificação da sua declaração anterior e incluir esta poupança.
      Abs!

  30. Minha Senha de 04 números o Sistema disse que está bloqueada e eu estou necessitando de Tirar meu Extrato do dia 31 de dezembro de 2011, para declaração de Imposto de Renda.
    Aguardo vossas respostas.
    Fraternalmente,
    Rosalvoi Moreira da Silva

  31. Estou tentando tirar meu extrato para declaração de Imposto de Renda e não estou conseguindo, por motivo do
    sistema está dizendo que minha Senha de 04 quatro números, está cancelada.

  32. Bom dia !
    Tenho uma dúvida que está me angustiando.
    Minha poupança tinha saldo 0 em 31/12/2010, já em 31/12/2011 o saldo é de R$ 53.000,00.
    Porém meus recebimentos totais do ano inteiro (do meu serviço) são de R$ 35.000,00.
    Eu tinha uma parte desse dinheiro que compõe a poupança guardado em casa de outros empregos que tive (sem registro/estágios) e meu namorado também transferiu alguns valores para esta conta (pois estamos juntando dinheiro).
    Estou com medo da receita me procurar para saber a composição desses valores… Eu poderia deixar de declarar esta poupança sem correr riscos? Ou, caso declare, há algum problema?
    Grata!

  33. Olá!!
    Algumas pessoas quando se aposentam transferem o saldo do FGTS para uma conta poupança e, a partir daí, os depósitos do FGTS que a empresa faz mensalmente caem nesta conta. E a CEF envia o informe de rendimento com o saldo atualizado.
    Como fazer pra lançar esse FGTS mensal se ninguém informa quanto foi o depositado?
    Um abraço e muito obrigado!

    • Alexandre,
      Não conheço esse procedimento. Os recursos provenientes do FGTS são isentos de IR, mas devem ser lançados na parte de rendimentos isentos e não tributados. Se for o caso, consulte um especialista.
      Abs

  34. Olà Ulisses!!!
    Primeiro, desejo-lhe boa pàscoa e parabéns pelo blog. Super bem explicado. Não encontrei nada mais claro!

    Bom, o campo ” Situação em 31/12/2010″ no meu informe de rendimentos, veio zerado, pois não havia nenhum deposito feito. Neste caso, preencho somente o campo ” Situação em 31/12/2011″ com o valor depositado até esta data e o anterior poderà ficar em branco jà que eu não tinha valores?
    Agradeço desde jà. Karina

    • Karina,
      Muito obrigado pelo comentário!
      Se estava zerado em 2010, não precisa fazer nada, deixe zerado. Mas no campo de situação em 2011, lance exatamente o valor que aparece no Informe de Rendimentos.
      Abs

  35. Olá Ulisses Nehmi,

    De antemão, parabéns pelo ótimo blog.

    Gostaria de saber se posso cair na malha no momento que informar sobre o saldo dos rendimentos não tributáveis, especificamente caderneta de poupança, mesmo estando pouco acima dos R$ 50.000,00 neste ano, apesar de nunca ter informado os saldos anteriores.

    Obrigado, Rodolfo Oliveira

  36. Olá Ulisses
    Há 8 anos declaro IR e sempre tive poupança, porém, nunca declarei. Nesta, incluirei na declaração, porém, os valores ficam acima do meu rendimento deste ano. Como faço?
    Seria muito transtorno buscar todas as informações das anteriores para retifica-las.

    • Daniel,
      É por esse motivo que é importante declarar sempre os valores corretos. Sugiro buscar a ajuda de um especialista, mas provavelmente ele indicará que devem ser feitas as retificações necessárias.
      Abs

  37. Olá Ulisses,

    No exemplo que você propôs não foi preenchido a situação em 31/12/2010, mas caso no Informe de Rendimentos tenha um valor ‘x’ em 31/12/2010 e um valor ‘y’ em 31/12/2011, devo preencher ambos, certo?

    Outro ponto diz respeito à não declaração do investimento na Declaração Anual de IRPF 2011, como devo proceder caso queira declará-lo neste ano?

    • Raphael,
      Caso você não tenha declarado no ano anterior, você deve preencher o campo Saldo em 31/12/2010 com o valor que consta no Informe de Rendimentos, ou seja, preencher ambos os campos de saldo.
      Caso tivesse declarado no ano anterior, este campo já apareceria preenchido.
      Abs

  38. Ulisses,

    Este será meu primeiro ano de declaração do IRPF e gostaria de saber se devo declarar os redimentos de minha conta poupança.
    Tenho 2 poupanças e uma conta corrente. Como devo proceder? Possuo também um carro ano 95, devo declarar em Bens e Direitos?
    Já possuo obrigatoriedade de declaração por possuir rendimentos tributáveis superiores ao valor estipulado e optei pela declaração simplificada.

    Muito obrigada.

  39. Olá Ulisses,

    Tenho 24 anos, nunca declarei imposto de renda pois apenas atuei como estágio e bolsas de pesquisas e os ganhos não eram tributáveis.

    Conforme informe de rendimentos da minha única conta poupança, em 31/12/2010 tinha cerca de R$16000 e agora em 31/12/2011 cerca de R$38500, com rendimentos anuais de cerca de R$1750.

    Pergunto:

    Sou obrigado a declarar? Se não for, vc acha importante que declare? Há algum risco?

    Obrigado e parabéns pelo Blog.

    • Antônio,
      A decisão de declarar ou não é sua. Veja no site da Receita Federal quem é obrigado a declarar.
      Se você for declarar, siga os passos desse guia, mas tome o cuidado de atualizar também o saldo em 31/12/2010 que aparece no seu Informe de Rendimentos.
      Abs

    • Parabéns pelo artigo Ulisses e obrigado pelas dicas.
      Com relação à dúvida acima, o Antonio Nunes não é obrigado a declarar (de acordo com o site da Receita Federal), pois os rendimentos não ultrapassam R$ 40.000,00 reais, correto ?!

    • Diego,
      No programa do IRPF 2012, declare os créditos na parte de Rendimentos isentos e não tributáveis, Outros. Já os prêmios devem ser declarados na parte Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva, Outros.
      Essas informações estão disponíveis no Informe de Rendimentos da Nota Fiscal Paulista.
      Abs